sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Amor ou sofrimento?

Tão magico, encantado e belo.
Mesmo assim se desfez em minha mente.
Doce, amargo, feliz, triste...
Assim se desfaz toda lembrança de um amor.
Lembrança que quanto mais cultivas são piores.
Doce encanto que lembranças de beijos duradouros
E amargas discussões, Amargos buracos em meus braços
Que estavam sempre a estar abraçados com você
Hoje esta vazio como meu coração.
Que não ar para respirar e dar vida
É tão magico, triste a dor de amar e não se amado.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Aprendemos...

Na vida aprendemos que o primeiro amor é eterno por isso ame seus pais.
Aprendemos que não devemos duvidar de nada e porque então aprender.
Aprendemos que devemos ser sempre gratos, olha que nem pedimos.
Aprendemos que o verdadeiro amor nunca acaba. Quando existe.
Aprendemos que a pressa é inimiga da perfeição. E sendo que ninguém é perfeito.
Aprendemos que o mundo e redondo e na verdade é redondo mesmo porque não a canto para se salvar.
Aprendemos que dinheiro não é tudo e que não temos nada sem dinheiro.
Aprendemos a pedir desculpas mas precisamos é parar de machucar as pessoas.
Apendemos a dizer não e assim mesmo mentimos.
Aprendemos a rir e rimos das desgraças dos outros.
Aprendemos a ser livres. E vivemos em um jaula que se chama material.

Autor Jefferson Alves

Hoje fiz um investimento.


   Hoje gastei meu dinheiro comprando um terreno na lua. Comprei e estou indo para lá construir...
   Por isso tenha certeza que vou escrever com mais frequência, pois estarei só. E assim não atrapalharei ninguém e meditando só, vou poder estar sempre pensando.
   Agora tenho que levar minhas coisas, que não são muitas: Levo meu computador, não usarei mas celular, telefone residencial apenas algumas lembranças porque não vão ser fáceis de apagar,porque estão no coração não levarei mais nada. 
   Do novo terreno que tenho na lua vou olhar o mundo de uma forma diferente e as pessoas como em modo geral. Porque não aprendi o que as pessoas que movem o mundo e que pensamentos são forma de viver. 
     Tenha certeza que irei estar sempre por perto.
Irei escrever para você todo tempo que estarei a construir.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Chuva de Amor.

Oh chuva de amor, que encanta os corações apaixonados que ao cair encanta. 
Regando a semente do amor com a dadiva da chuva, oh chuva de outubro embeleze nossa alma, limpe nosso corpo e nos faça apaixonarmos a cada gotícula de chuva que céu. 
Ame com a intensidade das chuva dos apaixonados enamorados.

Jefferson Alves .'.